Pages

.

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Algumas curiosidades sobre areias de gato


TIPOS

Jornal/papel picado

Papéis bem pequenos e absorventes podem ser usados. Mas a mistura entre a amônia da urina mais a tinta do jornal pode causar alergia de contato nos animais, formando feridinhas que não secam. Dão trabalho pra picar e a freqüência de limpeza é deve ser muito maior.
Entretanto, uma folha de jornal no fundo da bandeja por baixo de areias argilosas baratas pode ajudar bastante na remoção daquele torrão lamacento que se forma com a urina.


Já existem no mercado ótimos produtos à base de fibras de Celulose aromatizadas, cortadas em formatos especiais e tratadas especificamente para o uso como granulado sanitário.

Fibra de Celulose de eucalipto de floresta plantada associados a minerais industriais. Pequenos flocos tratados pra ficarem mais aderentes e cortados em formatos especiais pra não machucar as patas. Contem agentes bactericidas e podem ser descartados no vaso.

MadeiraSerragens de madeira também podem ser conseguidas gratuitamente por aí, mas trazem ainda mais riscos que uma areia de má proveniência, já que além dos mesmos riscos de virem acompanhadas de impurezas, por se tratar de um material orgânico e não tratado, a madeira úmida pode atrair ainda mais bactérias e fungos. A serragem grossa, não triturada pode ainda, grudar nas patas e entre as unhas do animal causando eventuais lesões cutâneas.
Existem grânulos a base de madeira que são esterilizados e picados em forma de pellets (não machuca o animal) e reduzem o cheiro sem necessidades de aditivos artificiais. Alguns desses produtos podem inclusive ser descartados em vaso sanitário, o que facilita e reconforta muita gente.

Sabugos de milho secos cortados em pedacinhos
Houve um tempo em que isso foi muito usado por humanos no lugar de papel higiênico (qdo este não existia), mas parece que nem sempre os gatos se acostumam.

Ração de crescimento pra pintinhosParece ser a melhor opção pra quem tem muitos gatos, se usada de preferência em ambientes externos, pois a longo prazo, algumas pessoas enjoaram com o cheiro. Porém, no quesito custo-benefício, nem todos os que testaram a ração tiveram sorte, visto que as mais baratas são farelos e quirelas de grãos/tubérculos que podem ter um cheiro mais forma ou formar mais lama. Os que compraram de marcas como PURINA e SUPRA (a do pacote vermelho) ficaram mais satisfeitos com os resultados, mas o preço por Kg da ração acabou por vezes sendo igual ou maior que o do preço por Kg da areia. Mas a ração é bem mais leve que a areia, possui antifúngico e apesar de não fazer mal, os gatos desistem logo de comer (gosto ruim).

Ração para cavalos, porcos, etc.
Quanto mais se reza, mais assombração aparece, não?
É. Parece que tem criadores usando ração de cavalos e de porcos como areia alternativa. Ainda não consegui o relato direto de ninguém pra passar aqui, mas aposto que antes disso aparecerão várias outras alternativas exóticas para nos despertar a curiosidade.  

 Treino no vaso sanitário


Enquanto tem gente dizendo que não quer castrar ou prender o gato a pretexto de respeitar a
sua natureza, tem gente desenvolvendo Novo métodos para o animal usar o vaso sanitário. São métodos bastante trabalhosos. Pode ser engraçado, bonitinho e motivo de orgulho ter um
gatos desses. Geralmente, quem escolhe essa opção não está preocupado com a economia que isso significaria (a economia é o de menos). 

Areia natural.
Existem vários tipos delas. As provenientes de rochas silicosas, as monazíticas, argilosas e calcárias. Podem ser tiradas de construção, de praias, de morros. Deve-se evitar as calcárias e duvidar se as de praias não vieram de esgotos e se as de construção não contem pedregulhos e diversas impurezas. Para evitar maiores problemas o ideal é fazer passe por um processo eliminação, seja térmico ou químico. Muitas pessoas lavam a areia e depois torram. Existem boas areias que, após retiradas dos rios e de cavas passam por um forno industrial em alta temperatura para ficarem secas, são separadas por tamanho de grãos e vendidas em sacos de 20Kg, livres de resíduos, fungos, etc, que também seriam prejudicais em alguns ramos de construção. Apesar do baixo custo, não são higiênicas, não retêm o cheiro, não absorvem a umidade e dão trabalho pra limpar.

Granulados a base de Sílica


Os produtores dos grânulos a base de sílica se dizem os melhores, mas a concorrênciaafirma que a sílica é um produto cancerígeno e afeta a respiração do animal (propagandas da absorsol e Kitty cat deixam rastros de preocupação...). Na verdade, existem estudos a respeito de trabalhadores que trabalham em minas, construções e lugares onde há manejo de certos materiais em forma de pó ou desprendimento ou subdivisão de materiais que contenham sílica livre e cristalina, como areia, concreto, certos minérios e rochas, jateamento de areia, etc. As doenças que esses minerais produzem são chamadas de Asbestoses e Silicoses e se desenvolvem somente em vias respiratórias. Mas, para que isso aconteça, o tamanho da partícula tem que ter entre 0,5 e 10 microns. O risco de adquirir silicose depende basicamente da concentração de poeira respirável, porcentagem de sílica livre e cristalina na poeira e a duração da exposição. Do pouco que se sabe sobre esse risco em gatos, acredita-se que é mais provável que tais resíduos possam piorar uma condição respiratória existente do que iniciar um quadro respiratório primário.
A grande maioria das pessoas que usam aprova quanto à durabilidade e quase sempre quanto ao cheiro. Mas quando ocorre do gato ter diarréia, parece que a coisa fica feia. São proporcionalmente muito mais caras do que o tanto que deveriam durar a mais para compensar. Quem tem um só gato, ou até 3, pode até pensar em sílica por comodidade, mas certamente, para quem tem mais gatos o custo fica bem alto.

Dicas que podem ajudar

Soluções baratas que facilitam e melhoram a qualidade dos produtos
• Se o gato estiver com saúde e se alimentando bem, então sua urina deve ter o pH ácido, o que torna o ambiente desfavorável ao crescimento de fungos. Mas se vc precisar, pode acrescentar 2 colheres de sal grosso à areia para ajudar a matar vermes das fezes e não passar para o outro gato que usa a mesma caixa de areia.
• 2 colheres bem cheias de talco infantil + 1 colher cheia de bicarbonato de sódio ajudam a neutralizar o cheiro



Areia pra fora da liteiraSe os gatos derrubam a areia pra fora da liteira você pode precisar de uma liteira maior e mais alta. Em grandes PetShops você pode encontrar diversos tamanhos e modelos de liteira, que podem ser personalizadas com o bichinho desenhado e até portinhas pra entrar, mas
certamente serão caras. Mas, vc não precisa comprar liteiras só em PetShops. Existem grandes caixas pra alimento em casas de produtos para cozinha, caixas organizadoras em grandes supermercados e umas grandes caixas pretas em lojas de material de construção.
Use sua criatividade e ganhe muito mais espaço pra a areia, ganhe mais tempo, mais praticidade e um ambiente muito mais limpo.

4 comentários:

Rabinson Grings disse...

Se eu morar em uma casa, preciso de liteira??? Qual o espaço necessário para que os gatros possam fazer as suas necessidades sem que eu tenha que usar liteiras???

Sheron Schultz disse...

Caixinha de areia

O tipo de caixa higiênica que você oferece ao gato, onde a coloca e como a limpa são detalhes que podem fazer muita diferença para o bem-estar dele... e para o seu também!

A REGRA é oferecer no mínimo uma caixa a mais que o número de gatos - duas caixas higiênicas se você tiver um gato; quatro, se tiver três gatos, e assim por diante. Avaliando a freqüência de uso das caixas, conclui-se qual é a preferida de cada gato.

Marcia Carvalho disse...

tenho onze gatos ... então preciso de 22 caixinhas???

Unknown disse...

Márcia, a Sheron falou um a mais do que o número de gatos, e não o dobro.
Então, segundo a dica dela, no teu caso o ideal seriam 12 caixinhas!

Postar um comentário