Pages

.

sábado, 23 de novembro de 2013

Gato Solitário - Mitos e verdades


Gato solitário: É mesmo verdade que os bichanos preferem ficar sozinhos?
Gatos costumam passar a imagem de animais solitários e, às vezes, eles preferem mesmo ficar sozinhos a ter que interagir com qualquer animal ou pessoa. Mas gatos são animais independentes e precisam também da privacidade deles e prezam por isso. Um gato solitário, contudo, também pode gostar de compainha.



  Mesmo que o gato possa se entreter com o dono, mas não passe muito tempo com ele, ter um outro gato é a maneira de não deixar o felino muito sozinho e dar ao animal alguém para brincar e que o "entenda" melhor e mais fácil.
  Os gatos não precisam se tornar melhores amigos, mas é sempre bom ter outro da mesma espécie por perto, ajuda a afastar um pouco a solidão deles caso fiquem sozinhos em casa. Muitos veterinários indicam que, se deseja ter um gato, tenha dois para um fazer companhia para o outro.
  Quando sozinhos, os dois gatinhos podem ter mais atividade física, entretenimento e companheirismo um com o outro. E com todo esse gasto de energia, acabam diminuindo o estresse e as chances de estragar os móveis ou ter brincadeiras que, com humanos, podem ser agressivas demais.
  Os gatos na época jovem-adulta, até cerca de 24 meses de idade são os mais carentes de um amigo da mesma espécie. Se o gato fica sozinho, especialmente nessa época, ele acaba ficando mais depressivo, se tornando o gato solitário que o dono imagina mesmo e pode deixar seu sistema imunológico mais fraco, deixando um ambiente mais fácil para doenças.
  Tudo depende do comportamento e do temperamento do gato, ele pode aceitar um novo companheiro mesmo quando mais velho, mas também existe a chance dele se fechar para a nova amizade e preferir ficar sozinho. Ou ele pode aceitar sem maiores problemas. Então se já tinha um gato (a) e quer aumentar a família felina, é melhor fazer isso gradativamente.
  E se já tem um gato solitário e quer tentar apresentá-lo um novo gato, não esqueça de passar com o veterinário para ver como a saúde do novo gato está e, se preciso, medicá-lo antes de levá-lo para conhecer o bichano que já habita a sua casa.


Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/gato/gato-solitario/

0 comentários:

Postar um comentário