Pages

.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Os gatos e a música!





No começo do século XX Ivan Pavlov desenvolveu as bases do que seria conhecido como Condicionamento Clássico e na década de 60 Neal Miller comprova sua teoria de que o Sistema Nervoso Autônomo pode ser influenciado por fatores externos sendo, assim, um conjunto de funções com possibilidade de regulagens. Seu trabalho é a base da terapia conhecida hoje como Biofeedback.

Assim, alguns músicos começaram a lançar as bases da terapia com música, ou seja, acreditavam que através da repetição de ciclos sonoros o corpo passava a responder estes ciclos e era influenciado por eles, que transformava seu comportamento, podendo levar uma pessoa a vivenciar paz, tranquilidade, tristeza, raiva, ansiedade e diversos outros grupos de sentimentos. 

Mas, nossos amigos felinos podem se interessar por música? A resposta é SIM! Afinal, os felinos tem uma similaridade imbatível com os seres humanos: seu cérebro!

Além de ter uma estrutura muito similar à nossa, sabemos hoje que a mesma área do cérebro humano responsável pelas emoções é a mesma no cérebro dos felinos. Muitos etólogos concordam que isso é o principal facilitador da tremenda habilidade felina de entender os nossos sentimentos, que é observada comumente por quem tem um gato ou convive com eles. 


Podemos dizer, sem sombra de dúvida, que a vida de um felino é orientada primordialmente pelo som. Estudos comprovam que felinos cegos são bem mais funcionais e hábeis do que os que sofrem perda auditiva. 

A capacidade diferenciada dos felinos de reconhecer sons fez com que durante sua evolução eles criassem um elaborado código (quase um alfabeto) onde diferentes sons (miados, ronronados, roncos, respirações, etc.) emitidos em diferentes tons (agudos, médios ou graves) e em diferentes tempos (longos, médios ou curtos) tenham significados totalmente diferentes, variando desde um chamado de socorro de um filhote ao som emitido pela mãe para chamar o filhote. 

No século XIX, o escritor francês Théophile Gautier foi uma das primeiras pessoas a anotar o comportamento de um gato em relação à música. Ele percebeu que seu gato reagia a sons agudos emitidos por uma cantora em seus saraus musicais e se aproximava do piano quando determinadas notas eram tocadas. Suas anotações e curiosidade sobre o tema levaram mais de um século. 


Para ter o máximo proveito dos benefícios da terapia com música, devemos seguir alguns passos com nossos pequenos felinos:

1. OUÇA MÚSICA COM ELEOs gatos tendem a se sentirem mais seguros em relação a uma fonte sonora quando afeta todo o grupo ao qual ele faz parte. 

2. O SOM DEVE SEMPRE SER BAIXO: Gatos odeiam sons altos! Lembre-se, ele ouve melhor e em uma frequência mais abrangente que a sua. A lógica é simples: se você acha que está baixo, par ao seu gato está bom!

3. EVITE SONS AGUDOS: Toda frequência alta se traduz para os felinos como sinal de estresse e perigo. 

4. GATOS GOSTAM DE BAIXO E BATERIA: Isso significa que a amplitude sonora dos instrumentos graves os deixam mais relaxados. 


5. GATOS ADORAM PIANO: Composições modernas e jazz costumam fazer a cabeça dos gatos! 

6. GATOS GOSTAM DE CORAIS MASCULINOS: E, pasmem.. O canto gregoriano é ótimo para eles!

7. GATOS GOSTAM DE OBOÉ: O timbre áspero produzido pelo instrumento surpreende positivamente os gatos. 



8. GATOS MANTÊM UMA DISTÂNCIA SEGURO DAQUILO QUE OS INTRIGA: portanto, é normal eles estarem deitados no quarto enquanto saboreiam a música que rola na sala.

1 comentários:

maria auxiliadora Ferreira disse...

eu tenho uma curiosidade. Tenho 2 gatos, um siamês e o outro SRD, mas vou falar especificamente do siamês. A muitos anos descobri que ele gosta de uma musica, que se chama Chrono Cross, http://www.youtube.com/watch?v=J46RY4PU8a8, . ele pode estar escondido em qualquer lugar que simplemente aparece (inclusive agora). ele é um gato tranquilo, não é muito de ficar onde tem pessoas que ele não conhece. Mas, se colocar essa musica ele fica mais dócil ainda, inclusive estranhos conseguem pegá-lo. A gente sente que ele está feliz, pois fica fazendo carinho em todos e as vezes chega a pular no colo de qualquer um e deita.Acho isso muito interesse mas ao mesmo tempo tenho uma curiosidade. Porque essa musica?

Postar um comentário