Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

Quer um Gato Persa? Veja tudo que você precisa saber antes de ter um.

Imagem
Sobre o PersaO gato Persa, como o próprio nome indica, tem como país de origem a Pérsia (atual Irã) e também a Turquia. Hoje, essa é uma das raças felinas mais populares do mundo e seu nome acaba englobando, superficialmente, diversos gatos que possuem aparência exótica, cara “achatada” e pelos compridos.
Enquanto nos EUA muitos gatos são considerados dessa raça, na Inglaterra todos os gatos Persa são divididos em outras raças de acordo com suas colorações. Acredita-se que os primeiros bichanos de pelo comprido foram da Pérsia e da Turquia para a Europa, onde ocorreu o cruzamento de ambas as raças, resultando no Persa que conhecemos hoje.
Os gatos dessa raça são medianos (pesando entre 3,5 kg e 7 kg), possuem uma farta e densa pelagem, focinhos bastante curtos, olhos arredondados grandes e cheios de expressão caudas curtas, pernas também curtas, mas grossas, e orelhas afastadas. Além de serem belíssimos e únicos, os Persas também contam com um ótimo temperamento: caseiros, tranquilos, i…

Como dar Banho em Gatos?

Imagem
Quase todas as raças (e sem raça) de gatos têm aversão á

água. Porque dar banho nos bichanos, realmente, não é 

tarefa das mais fáceis. 



Exceto para retirar um nó ou realizar algum procedimento médico, praticamente não há outro motivo para raspar opêlo do gato.Os gatos precisam de uma camada espessa de pêlos sua remoção pode desequilibrar sua temperatura corporal e expor a pele geralmente protegida. Cortar o pêlo de um gato de pêlo longo para melhorar a aparência e evitar 
nós e emaranhados é bom, mas o corte deve ser feito por um profissional especializado.
De modo geral, também não é necessário banhar o gato, visto que eles conseguem se manter limpos. Às vezes, no entanto, um banho é necessário para tratar ou controlar pulgas, limpar um felino aventureiro, tratar um problema dermatológico ou retirar algo perigoso do pêlo do gato. Para os proprietários escrupulosos, inexperientes e indecisos minha dica é deixar que um veterinário ou outro profissional qualificado cuide desses banhos obrig…

Como Cuidar de um Gatinho Recém Nacio

Imagem
Não existem substitutos para as mães e, preferencialmente, filhotes de gatos devem permanecer aos cuidados de suas mães por pelo menos 8 semanas antes de serem levados para outros lares. Em casos de resgate, morte da mãe natural ou casos em que determinadas circunstâncias façam com que a mãe rejeite o filhote, a intervenção humana será necessária.
Existem muitas coisas a considerar, bem como materiais necessários para alimentar e cuidar de um gato recém-nascido. Alguns cuidados e considerações podem fazer desta experiência algo proveitoso e relaxante, o que acabará resultando em um animal saudável e feliz.

Passos

Consulte veterinários locais ou abrigos a fim de descobrir se existe alguma gata que possa assumir o papel de mãe deste filhote. O leite materno é o melhor alimento para qualquer que seja o mamífero filhote, portanto sempre é recomendado buscar uma maneira natural de o fazer antes de experimentar preparar algo para alimentar o filhote.
Esteja ciente de que, mesmo encontrando uma …

7 curiosidades sobre gato

Imagem
Gatos são considerados os seres mais fofinhos do universo, mas podem ser seres misteriosos. Os gatos são de maioria os seres mais adorados do mundo. O primeiro contato dos gatos com os humanos que se tem registro foi à 9.000 anos, e depois foi sendo domésticado, e hoje em dia maioria das casas tem o bichano como mascote. Muito adorado por criança por causa de sua beleza e aparência carinhosa, embora que os gatos sejam meio rudes na maioria do tempo. Além de, claro, sua capacidade de inspirar incontáveis e-mails com apresentações em power point​​. Tem alguma curiosidaes sobre gatos? 
Tire todas as suas curiosidades sobre gatos aqui, veja: 1. Os gatos ganham dos cachorros
Ao menos em números absolutos e nos Estados Unidos. Segundo a Associação Médica Veterinária Americana, havia cerca de 81,7 milhões de gatos nos domicílios dos EUA em 2007, em comparação com 72,1 milhões de cães. Isso significa que pouco mais de 32% das casas estadunidenses possuem um gato, e cada domicílio tem, em média, …

Gato Mitos e Verdades

Imagem
Os gatos não gostam de carinho.
Mito. Os gatos que vivem perto dos donos, que recebem atenção e amor são muitos carinhosos. Por óbvio, talvez os gatos que vivem na rua podem ser mais distantes e independentes, mas não tem haver com gostar ou não, mas sim com a criação que tiveram. Os gatos se escondem quando estão doentes.
Verdade. Os gatos podem preferir um lugar escondido e quieto quando se sentem mal, alguns até fogem de casa. Fique de olho. Os gatos são interesseiros.
Mito. Esse mito foi criado por comparar os gatos aos cachorros que abanam o rabo quando estão felizes e satisfeitos. Os gatos não são interesseiros, mas adoram um lar aconhegante para viver. Os gatos não gostam de brincar com seus donos.
Mito. O gato, quando incentivado, adora compartilhar com os humanos suas brincadeiras, como por exemplo correr com uma bolinha, buscá-la e trazer para seu dono jogar novamente. Os gatos transmitem doenças.
Mito.  Veja que todo animal que não seja saudável pode trasmitir doenças. Os gatos vaci…

Gato Norueguês da Floresta

Imagem
Como o próprio nome diz, o gato Norueguês da Floresta se originou nas áreas florestais da Noruega. A necessidade de se abrigar durante os invernos frios da Escandinávia transformou seu manto em uma espécie de cobertor macio, protegendo-o do vento, do frio e da umidade da neve. Para proteger-se do frio, este gato também dispõe de abundante camada de pelos ao redor do pescoço, formando uma densa juba. Como originaram-se de gatos que viviam ao ar livre, os representantes dessa raça possuem a característica de serem excelente caçadores e apresentarem grande independência em relação à seus donos.

Gato LaPerm

Imagem
O gato LaPerm foi registrado em 1982, nos Estados Unidos. Trata-se de um felino de pelagem longa e cacheada, com espirais lembrando um saca-rolhas. Apresenta comportamento bastante interativo. É um gato muito procurado por pessoas que gostam de animais que se adaptem aos costumes do lar. Sua personalidade marcante faz com que o LaPerm desenvolva uma forte ligação afetiva com os donos e esteja sempre pronto para brincadeiras, até mesmo com estranhos. Como identificar um LaPerm: Pela pelagem chacheada e longa, com a aparência de "pós-banho".

Gato Cornish

Imagem
O Cornish Rex é um gato de pelo curto e ligeiramente cacheado, originário da Inglaterra. Possui um aspecto rústico e é considerado um excelente animal de estimação, uma vez que convive muito bem com os humanos, mesmo no caso da presença constante de estranhos. É um animal de fácil tratamento, não exigindo cuidados muito complexos. Admitem-se todas as cores.

Gato Chartreux

Imagem
Os gatos Chartreux apresentam coloração cinza-azulada, com pelos curtos, densos e grossos. Os gatos desta raça são muito silenciosos, de modo que raramente miam. São muito ativos e necessitam de bastante espaço físico para correrem exercitarem-se. Quando privados de espaço, podem ficar irritadiços e demonstrar alguma agressividade. Originário da França, o Chartreux é um animal afetuoso e sociável. Possui um apurado instinto de caça e uma forte musculatura, que lhe dá condições para atacar rapidamente pequenas presas como pássaros e roedores. Como identificar um Chartreux: Pela pelagem cinza e grossa!

Gato British Shorthair

Imagem
O British Shorthair é, provavelmente a mais antiga raça de gato da Inglaterra.  São excelentes companheiros para toda a família. São tímidos, amistosos e muito afetuosos.  É um gato elegante, compacto, bem balanceado e forte, que prefere estar no chão, e não tem entre suas especialidades a velocidade, ou a agilidade. A cabeça é arredondada, com bom espaço entre as orelhas.  O british shorthair uma raça de desenvolvimento lento, e as fêmeas devem ser menos robustas que os machos em todos os aspéctos. O tamanho é de médio para grande, os olhos são grandes, redondos e bem abertos. Sua pelagem é curta, muito densa, rente ao corpo, e firme ao toque. São admitidas quase todas as cores

Gato Bengal

Imagem
O Bengal é uma raça recente, derivada de cruzamentos induzidos entre gatos domésticos e o leopardo-asiático (Prionailurus bengalensis). Tal cruzamento só foi possível devido ao fato do leopardo-asiático possuir o mesmo número de cromossomos do gato doméstico, o que tornou possível a realização de cruzamentos que originassem descendentes férteis. Esses animais apresentam tamanho médio a grande, com peso entre 5,5 a 9 kg. Possuem pelo curto, estrutura óssea bastante forte e uma cabeça relativamente grande, com contornos arredondados e ligeiramente comprida, lembrando o formato dos felinos selvagens. Como identificar um Bengal: São os tigradinhos!! E tem o corpo bem alongado